João Salazar Braga
90 Articles0 Comments

Se pudesse viajar no tempo, regressaria à década de 60 e viveria o California Dream com os The Beach Boys. Ou então iria para o Rio tentar cair nas graças da Garota de Ipanema. Se bem que, pensado melhor sobre o assunto, também não me importava nada de estar no Cavern Club, em Liverpool, a assistir à revolução que 4 miúdos iriam, não tarda, provocar no mundo. Como viajar no tempo é impossível, tenho de me contentar, ou com os meus phones, ou com as minhas colunas. E, sinceramente, isso basta-me. Tenho 23 anos. Gosto de escrever. Sobre música, sobre tudo.

“Right” – David Bowie

Quando se trata de um artista como David Bowie, é complicado escolher a música favorita. É verdade que os seus clássicos estão à mão de semear, mas, não raramente, os nossos ouvidos chocam com temas como Right. Extraída de Young…

“Ayonha” – Hamid Al Shaeri

Existe uma companhia discográfica que se dedica à partilha de sons funk e soul do mundo arábico das décadas de 60, 70 e 80 – a Habibi Funk. Fundada por Jannis Stürtz, tem sede em Berlim, mas chega a todos…

“I Heard You Looking” – Yo La Tengo

Durante 7 minutos puramente instrumentais, somos invadidos por uma vontade louca de viver. Com guitarras elétricas também se faz poesia.

“Lovers Rock” – Sade

Com “Lovers Rock”, Sade domina qualquer coração e qualquer ouvido.

Playlist da Semana: Um Dia De Chuva Em…

Dedicamos esta playlist a todas as pessoas que gostam de percorrer ruas e avenidas sob um teto de chuva.

BADBADNOTGOOD – Talk Memory (2021)

A musicalidade dos BADBADNOTGOOD volta a extravasar fronteiras jazz e o resultado final é impressionante – e viciante. Talk Memory não é um álbum de uma audição apenas, porque, ao longo de oito faixas, obriga a várias viagens em busca…

Little Simz – Sometimes I Might Be Introvert (2021)

É impressionante a evolução que Little Simz teve em apenas dois anos. A diferença entre a musicalidade de Grey Area, de 2019, e Sometimes I Might Be Introvert é notória e deixa qualquer ouvido impressionado. Da mesma forma que as…

Kings Of Convenience – Peace Or Love (2021)

Em tudo o que pegam, Erlend Øye e Eirik Glambek Bøe incutem detalhe e pormenor em quantidades discretas. Da mesma forma que o tempo passa e ninguém dá por ele, a música dos Kings Of Convenience entra pelos nossos ouvidos…

David & Miguel – Palavras Cruzadas (2021)

Atire a primeira pedra quem nunca sofreu por amor. O sofrimento não acaba, mas tem cura. A música é a solução.

“Deacon Blues” – Steely Dan

Oito minutos de música pura e smooth, que chega até aos nossos ouvidos através de uma letra inteligente e, no entanto, fácil de ouvir.

“I Thought It Was You” – Kimiko Kasai

“I Thought It Was You”, de Kimiko Kasai, é uma das melhores canções que a pop japonesa dos 70/80 ofereceu ao mundo.

“Silhouettes I, II And III” – Floating Points

“Silhouettes” apresenta-se como uma maneira de alcançar mundos transcendentais.

“Obatalá” – Metá Metá

A união que os diversos instrumentos de sopro realizam ao longo de oito minutos transporta os nossos sentidos para um lugar onde reina a paz e calma.

“Protoype” – Outkast

“Prototype” é uma música que expõe um amor platónico entre extraterrestres e seres humanos, num futuro longínquo.

Playlist da Semana: Por Vezes, Podemos Julgar O Disco Pela Capa

Há capas que são tão bonitas, icónicas, loucas ou inesquecíveis que temos a certeza de que a música que guardam é preciosa.

Floating Points, Pharoah Sanders & London Symphony Orchestra – Promises (2021)

Algo divino diz-nos que Promises vai ficar para a posterioridade.

Yu Su – Yellow River Blue (2021)

Yellow River Blue é um álbum que apresenta traços urbanos e características naturais em simultâneo.

slowthai – TYRON (2021)

Slowthai rima com polémica e irresponsabilidade.