Rádio Clube Altamont #7 – Tim Bernardes | Portishead | Elvis

A solidão por trás das luzes, eis o fio que interliga os três temas deste sétimo episódio de Rádio Clube Altamont. Tim Bernardes escreveu um dos discos do ano sozinho no seu quarto em São Paulo, Mil Coisas Invisíveis. Em…

“Roads” – Portishead

No capítulo de canções que entram, à bruta, pela nossa vida adentro, esta foi a minha experiência mais devastadora e assombrada. Ouvi pela primeira vez num filme, a meio dos 1990s, nem sei bem se vi o filme todo, mas…

“Silence” – Portishead

Já lá vão 11 anos desde Third. Precisamos de um novo regresso dos Portishead.

Portishead – Dummy (1994)

Dummy é lúgubre mas sensual, como o decote lânguido de uma viúva chorosa.

Portishead – Roseland NYC Live (1998)

Os Portishead são uma banda que dispensa apresentações para qualquer pessoa com um ouvido a funcionar bem que passou pelos anos 90, por isso não me vou alongar muito. Banda de Bristol, onde juntamente com os Massive Attack se lançaram…

Kendrick Lamar – Mr. Morale & the Big Steppers (2022)

Kendrick Lamar não quer mais a coroa de salvador. No seu novo disco desvenda-nos os demónios que combateu nos últimos anos e permite-nos participar na sua catarse.

Rita Vian – Caos’a [EP] (2021)

Rita Vian é uma das mais promissoras artistas nacionais. O EP Caos’a é uma lufada de ar fresco na música que se faz em Portugal.

Sneaker Pimps – Splinter (1999)

Depois de alcançarem o sucesso com “Six Underground”, os Sneaker Pimps livraram-se da vocalista e decidiram começar de novo. Resultado? Um disco negro, sujo e brilhante. Em 1999, os Sneaker Pimps iam para o seu segundo disco, depois do sucesso…

Beastie Boys – Ill Communication (1994)

Com Ill Communication os Beastie Boys atingem o ponto de maturidade na sua carreira, livre de pressões externas e conjugando num só disco tudo o que absorveram ao seu redor ao longo da mesma. Os Beastie Boys serão para sempre…

Isaac Hayes – Hot Buttered Soul (1969)

O disco que inventa a soul sofisticada de auto dos dourados anos 70.

The Brian Jonestown Massacre – The Brian Jonestown Massacre (2019)

Há quem viaje pela viagem. É assim a música de TBJM, para tripar com rock n roll, música low-fi de atmosfera preenchida, elíptica, sem refrão, ainda assim de certa maneira humilde e incrivelmente catchy.

Tricky – Maxinquaye (1995)

Imaginem-se num beco escuro, ouvindo passos: isso é Maxinquaye.

IDLES – Joy as an Act of Resistance (2018)

Em ano bastante positivo para o rock, os IDLES ajudam a puxar o barco, com um contributo visceral e intenso.

Massive Attack – Blue Lines (1991)

Em pleno século XX, Blue Lines inventa o som do século XXI. A receita é simples: música de dança para a cabeça e não para os pés. 

Vodafone Paredes de Coura – Dia 1

Os esperados Future Islands, a instituição Mão Morta, a bomba Kate Tempest. Foi assim o dia um de Coura.

Vem Aí Festival: Paredes de Coura 2017

Chega mais um Agosto, e, com ele, mais uma edição do Festival Paredes de Coura, que, este ano, completa a sua vigésima quinta primavera.

Super Bock Super Rock 2017 – Dia 2

O rock foi destronado ao segundo dia do SBSR. Em seu lugar, foi o Hip Hop a dar cartas. Mesmo destrunfados, fomos a jogo para não perdermos por falta de comparência.

Vodafone Paredes de Coura confirma uma mão cheia de artistas

São cinco confirmações de uma assentadae para todos os gostos