“Dissolved Girl” – Massive Attack

Nunca é demais lembrar que “Matrix” é um dos melhores filmes já feitos e em jeito de “easter egg” lembrar que “Dissolved Girl” dos inigualáveis Massive Attack faz parte da banda sonora desta obra-prima da sétima arte. Digo “easter egg”,…

“Protection” – Massive Attack

Bendita a hora que os Massive Attack convocaram Tracey Thorn para a voz de uma das suas músicas – “Protection” é uma delícia de canção, hipnotizante como é marca da banda.

Sneaker Pimps – Splinter (1999)

Depois de alcançarem o sucesso com “Six Underground”, os Sneaker Pimps livraram-se da vocalista e decidiram começar de novo. Resultado? Um disco negro, sujo e brilhante. Em 1999, os Sneaker Pimps iam para o seu segundo disco, depois do sucesso…

Crack Cloud – Pain Olympics (2020)

Cru e autêntico, Pain Olympics é um relato de uma viagem ao mundo avesso da toxicodependência, provando ser um glorioso oponente, ao mesmo tempo que oferece consolo e esperança àqueles que precisam da cura.

Massive Attack || Campo Pequeno

Recuperar Mezzanine é recuperar um disco negro, denso, envolvente e próximo.

:papercutz em entrevista: “gosto de contar histórias que estejam impregnadas de alguma realidade”

O mais recente álbum de Papercutz foi o mote para esta conversa com Bruno Miguel, fundador e único membro “fixo” da banda.

Playlist da Semana: Música de filmes

A playlist desta semana não tem nada que enganar: são músicas de filmes.

“Angel” – Massive Attack

Há bandas tão à frente do seu tempo que o som que faziam, digamos, em 1998, ainda hoje parece ser de um futuro distante, tecnológico, vibrante embora gélido. Grandes Massive Attack.

Massive Attack apresentam MezzanineXX1 em Fevereiro, no Campo Pequeno

O espetáculo irá reinterpretar “Mezzanine” vinte e um ano depois do seu lançamento, usando áudio reconstruído de samples e influências originais do álbum.

Stereolab – Dots and Loops (1997)

Dots and Loops é hipnótico, elegante e fresco, e o melhor disco de uma grande banda

Massive Attack anunciam nova data a 19 de Fevereiro no Campo Pequeno

O Campo Pequeno recebe dois concertos sem precedentes, desenhados exclusivamente para esta digressão.

Massive Attack – Blue Lines (1991)

Em pleno século XX, Blue Lines inventa o som do século XXI. A receita é simples: música de dança para a cabeça e não para os pés. 

Super Bock Super Rock volta ao Meco em 2019

Depois de quatro anos no Parque das Nações, o SBSR está de volta ao ar livre

Oasis – Standing On The Shoulder Of Giants (2000)

No virar do milénio, os Oasis mudam o logo da banda, perdem mais dois membros fundadores, Noel afasta-se das drogas e Liam escreve a sua primeira música. O disco, regado a psicadelismo, marca, de certa forma, o fim da Britpop e da relevância da banda no panorama musical.

Tricky – Maxinquaye (1995)

Imaginem-se num beco escuro, ouvindo passos: isso é Maxinquaye.

“Cities in Dust” – Siouxsie and The Banshees

Hoje revisitamos os Siouxsie & The Banshees.

O que esperar de 2019? Discos e concertos que não queremos perder

Tudo alinhado para um 2019 forte em edições.

IDLES – Joy as an Act of Resistance (2018)

Em ano bastante positivo para o rock, os IDLES ajudam a puxar o barco, com um contributo visceral e intenso.