Homenagem a David Bowie e Heróis do Mar entre as várias novidades do MUVI

O MUVI, Festival Internacional de Música no Cinema, está de regresso de 29 de novembro a 5 de dezembro para a sua terceira edição. Esta vai acontecer, como tem sido habitual, nos vários espaços do Cinema São Jorge em Lisboa e…

Canção do Dia: Heróis do Mar – Fado

Os Heróis do Mar levaram o seu tempo ao limite: roupa, sintetizadores, atitude, tudo neles tresanda a eighties. São por isso a mais datada das grandes bandas portuguesas. Ainda assim, com os seus singles perfeitos e dançáveis, orelhudos até à…

Marvel Lima: Os super-heróis do rock alentejano

Não é comum ouvir, nas rádios nacionais, rock alentejano. Mas os Marvel Lima estão cá para combater a tendência actual, em que 80% daquilo que chega aos ouvidos do público vem de Lisboa ou Porto. Este quinteto vem de Beja,…

Rui Reininho – 20.000 Éguas Submarinas (2021)

Rui Reininho é um dos nossos grandes heróis. E, ao contrário do célebre verso de Reinaldo Ferreira, este herói serve-se vivo!

Marvin Gaye – What’s Going On (1971)

Golpe de estado na Motown. Marvin Gaye exige total controlo artístico sobre a sua obra. O crime compensa. What’s Going On é uma das sete maravilhas do mundo.

Guns N’ Roses || Passeio Marítimo de Algés

Os Guns N’ Roses regressaram a Portugal 25 anos depois e ofereceram um concerto inesquecível. Esperemos que não seja a última vez que os vemos.

Sleaford Mods – Key Markets (2015)

Jason Williamson, a voz zangada dos Sleaford Mods, arranjou de novo sarilhos, ao advogar a morte de Boris Johnson, o excêntrico presidente da Câmara de Londres, uma espécie de Donald Trump (até no penteado) com puro sotaque da escola de…

Arctic Monkeys – Favourite Worst Nightmare (2007)

Numa berma de estrada algures em nenhures, pés trôpegos do álcool e da transpiração balbuciam algo que quer ser um caminhar. Algo que quer chegar a casa depois de uma noite longa. Botas de cabedal. Calças de ganga. T-shirt branca.…

David Bowie – The Rise & Fall of Ziggy Stardust and Spiders From Mars (1972)

Por detrás da aparente inocência do mundo da pop, esconde-se uma cruel sociedade de castas. Na base da pirâmide, encontram-se milhares de discos tão saborosos como irrelevantes, usados e logo descartados, de tal maneira que ninguém se lembra deles na…

Fotoreportagem: Os Golpes – Museu das Marionetas – 30.9.2010

(clickar na imagem para mais fotos) Brava Festa Quem conhece os Golpes sabe que são uma das melhores bandas rock portuguesas da actualidade. Para quem não conhece, como o meu amigo Zé, apresento os Golpes exactamente como uma das melhores…

“Para Dentro, Para Fora / És Cruel” – Ena Pá 2000

Começa com coro, transforma-se em paródia aos Heróis do Mar e depois vem uma das melhores composições dos Ena Pá 2000. Banda de culto e das poucas assumidamente cómicas depois dos anos 80 em Portugal, rima ignóbil com Chernobyl. É…

Clã – Lustro (2000)

À terceira é de vez. Lustro é o álbum de consagração dos Clã: pop gourmet que chegou a toda a gente. 

Stereossauro – Bairro da Ponte (2019)

Já não vivemos um país de três F mas talvez, como canta Sr. Preto em FFFFF, “fado, futebol, fátima, festivais e fest, tudo é pop, tudo é hype, tudo é fado”.

Ilustres Desconhecidos: Nuno Canavarro

Em 1988, Nuno Canavarro lançou o seu único registo a solo até à data, Plux Quba: um disco demasiado esdrúxulo para um Portugal que ainda vivia no antigamente, mas que foi pacientemente construindo a sua audiência que ainda hoje por ele se apaixona.

GNR – Rock in Rio Douro (1992)

Entre duetos ibéricos, épicas canções de estádio e odes ao seu Norte natal, Rock In Rio Douro traz consigo um som novo e emergente, consagrando os GNR como banda líder do pop-rock português.

Red Bull Music Culture Clash || Coliseu dos Recreios

Na passada sexta-feira, decorreu a segunda edição portuguesa da Red Bull Music Culture Clash. Quatro equipas, cada uma no seu palco, digladiaram-se num combate musical.

Xutos & Pontapés – 78/82 (1982)

Os Xutos chegam finalmente aos discos ao fim de mais de três anos de luta. 78/82 é uma bomba rock movida a testosterona e energia juvenil.

“Rapazes de Lisboa” – Paulo Pedro Gonçalves

Pérola relativamente subvalorizada no Portugal musical da década de 1980, “Rapazes de Lisboa” é objeto de culto da Fundação Atlântica, mítico selo de então. É um tema cosmopolita, moderno, ainda hoje fresco e cativante.