Vem Aí Festival: NOS Alive 2018

O NOS Alive 2018 está a chegar! É assim todos os anos, e esta décima segunda edição promete ser a melhor de sempre. Quer saber as razões? Então leia o que aqui vos deixamos.

“Hereditário” – Sam The Kid

Sam infundiu samples da gravação de uma discussão violenta do avô, claramente exaltado, com melodias épicas de instrumentos de sopro.

Orelha Negra – Orelha Negra (2017)

Ao terceiro disco, os Orelha Negra afastaram-se dos loops orelhudos, fáceis, cirurgicamente desenhados para a rádio, para fazer dançar. Sem nunca passarem a fronteira para a música avessa ao circuito comercial, arriscaram e, sem grande surpresa, voltaram a ganhar.

Da Weasel – Re-Definições (2004)

Mesmo que carecendo de motivo, o recobrar de um clássico parece pertinente. À parte isso, o que têm F. Scott Fitzgerald, Batatoon e Da Weasel em comum?

Napoleão Mira & Reflect – 12 canções faladas e 1 poema desesperado (2016)

Napoleão Mira pega em Pessoa e nos heróis de Orpheu e, revisitando-os, faz deles um ponto de partida para uma viagem pelo que é ser Portugal e pelos fantasmas que vivem em todos os homens.

NOS Em D’Bandada 2015 já tem alinhamento completo e horários

O passar de mais um ano traz de volta aquele que já é conhecido no Porto como o “São João da Música”: o NOS Em D’Bandada! Com a maior edição de sempre – serão 78 bandas em 21 espaços, com…

Capicua – Sereia Louca (2014)

Se a arte é fingimento, este disco não é arte. É outra coisa qualquer. O hip-hop em Portugal é um bicho estranho. Sem nunca ter vendido muito, sem nunca ter chegado a fenómeno de massas (excepção feita, talvez, aos panteónicos Da…

Wack – Contra Fracos Não Há Argumentos [EP] (2013)

Vamos fugir um bocado à órbita natural do Altamont: estes Wack não se enquadram quase em nada naquilo que costumamos falar por estas bandas. Ou será que sim? TANB, Dikas, Muzik e Ketzal são os quatro membros deste novo projecto,…