Em câmara lenta como na TV: a história dos GNR

Foram tudo: putos do boom do rock, patronos da intelligentsia alternativa, reis e rainhas da pop. Hoje são uma instituição.

Mac McCaughan (Superchunk): a comédia como solução

Falámos de tudo: comida, angústia, dos Superchunk e Portastatic, e de muita comédia – como The Best Show e dos gostos pessoais do Mac, cuja relação com o humor é de grande proximidade.

“The Book I Read” – Talking Heads

“Parei de ouvir David Byrne e seus compinchas nos anos 80 quando eles escolheram concentrar-se em fabricar pastiches funk yuppizados para brancos sem qualquer sentido de ritmo. Já esta (subestimada) canção do seu disco de estreia foi um dos meus temas favoritos de 1977.” (Nick Kent, “Apathy for the devil”, 2010)

“Watching The Detectives” – Elvis Costello

Um dos poucos exemplos de brancos que não fazem figura de parvo a tocar reggae.” (Nick Kent, “Apathy for the devil”, 2010)

Joe Jackson – Night And Day (1982)

Night and Day não cedeu à erosão do tempo e mostra-se, ainda hoje, a obra-prima que sempre foi.

of Montreal – Innocence Reaches (2016)

Como sempre, os of Montreal não entregam discos fáceis aos ouvidos, mas que o tempo ajuda a ser convertido.

Primal Scream – Chaosmosis (2016)

Kate Moss e krautrock, Stones e C86, “doobie-doos” e dub, drone e drunfos. Não há meio-termo nos álbuns dos trigenários Primal Scream. Eternos experimentalistas e graciosamente irrequietos vira-casacas, têm a bem-dita incapacidade de manter o seu som numa determinada etiqueta,…

The Cure – Standing On A Beach (1986)

Cerrem as pálpebras. Agora, olhem. Muitos se encontraram no sítio – não fixo – que vêem. Contraditório? Claro. Era lugar metafísico, mas atentem – era palpável! A divagação nas paisagens cegas de meandros mentais, os dois pés esquerdos arriscando a…

Squeeze – Cradle To The Grave (2015)

Bons discos de pop era com eles. Foi assim durante bastante tempo, até que o próprio tempo acabou por pôr um fim à carreira da banda. Era isso que julgávamos definitivo, pelo menos até 2010, quando decidiram voltar aos álbuns…

Canção do Dia: Alfama – Mler ife Dada

  Se a divertida «Zuvi Zeva Novi» é muito roubada à New Wave que se fazia lá fora (os B-52’s vêm-nos logo à cabeça), «Alfama» é portuguesa da cabeça aos pés, uma celebração das geografias do fado, exteriores e interiores.…

The Knack – Get the Knack (1979)

Pegando na pop dos anos 60, mais concretamente nos sons de Kinks ou The Who, os Knack moldaram-na ao estilo dos tempos, a new wave, tão em voga em bandas como Blondie, Elvis Costello ou Squeeze.