Playlist da semana: Adoro o som da folk logo pela manhã

Começando o percurso pelos inatacáveis Crosby, Stills Nash & Young, faremos uma viagem pelos meados dos anos 60 e início dos 70 do século XX, altura da qual saíram as grande pérolas da folk.

“The One You Know” – Alice in Chains

Guitarras pesadas, algum negrume e as harmonias vocais entre Cantrell e o vocalista William DuVall são, em 2018, a imagem de marca destes verdadeiros sobreviventes do grunge.

“Jesse” – Frankie Cosmos

2018 é o primeiro ano em que Frankie Cosmos tira o pé do lo-fi e tenta escrever canções com mais de dois minutos. Em “Jesse”, do disco Vessel, Frankie Cosmos não larga a pop de adolescente colegial ingénua que a fez famosa

“Hereditário” – Sam The Kid

Sam infundiu samples da gravação de uma discussão violenta do avô, claramente exaltado, com melodias épicas de instrumentos de sopro.

“Get You” – Daniel Caesar

Tem 23 anos, nasceu em Ontario, Canadá, e é uma das melhores vozes da sua geração. Estes são três factos sobre Daniel Caesar, promessa das camadas jovens do neo-soul que lançou o ano passado o seu disco de estreia, Freudian.

Playlist da semana: A ciberdepressão

Eis a doença do século XXII tornada inspiração em pleno 2018. Com kicks sintéticos e baixos agressivos, a música não é aconselhável a epilépticos – mas ouça com phones e de luz apagada. E se quiser, dance.

“Transparência” – Medeiros/Lucas e António Costa

Um ritmo tribalesco e um sintetizador rico que serve de pano profundo perfeito para este cruzamento musical.

“Mafiando Bairro Adentro” – Conjunto Corona

É de um rasgo de genialidade inesperada executar sempre na perfeição, para delírio dos fãs, a mudança necessária para os aproximar cada vez mais da sua música.

“Mulher do Fim do Mundo” – Elza Soares

A instrumentação rica de orquestra e percussão eleva a sua voz rouca, cansada de dizer o mesmo mas mesmo assim forte, resistente.

Asimov and the Hidden Circus || Sabotage

Quem teve a sorte de descer ao Sabotage na noite de sexta-feira viu um concerto muito especial dos Asimov. A cerimónia xamã foi angustiante; mas purificadora.

Casper Clausen é a nossa Madonna indie e os Liima são merecedores de carinho

Segundo disco dos nórdicos Liima foi recentemente editado e motivou uma animada conversa com o vocalista do grupo.

Dois anos da Produções Incêndio: um fogo sempre a crescer

A Produções Incêndio está a celebrar agora o seu segundo aniversário. Com esta efeméride em mente, o Altamont quis perceber como têm sido estes dois anos.

“Se me amas” – Xutos & Pontapés

Este recado para uma namorada tornou-se uma canção favorita nos concertos, acabando por ser editada em formato single no Verão de 1989.

Neil Young anuncia novo disco e abertura de arquivo digital total

“1 de Dezembro vai ser um grande dia para mim”. É assim que Neil Young…

“Homem do Leme” – Xutos e Pontapés

Não há Hino como este em toda a discografia dos Xutos e Pontapés. A nossa…

“Dá um Mergulho” – Xutos e Pontapés

A vida dos Xutos e Pontapés sempre foi assim, um turbilhão. Feita de riscos, até…

Mexefest já tem cartaz e horários completos

De uma assentada, o Vodafone Mexefest anunciou os 25 nomes que, a juntar aos já…

Cerveja artesanal e concertos à borla esta quarta-feira em Lisboa

Concertos de Éme, Riding Pânico e Iguana Garcia enquanto se degusta uma cerveja? Vamos.

Criado em 2005, o Altamont é, no seu âmago, um lugar de união para quem gosta de música. Evoluindo e crescendo, mas sem perder a inocência e ingenuidade que lhe dá o seu lado mais verdadeiro, o Altamont tentará cumprir com o propósito que sempre lhe pautou o caminho – ser um local de descoberta e partilha para quem ainda tem tempo para ouvir um disco de uma ponta à outra.

Website: Hypnotic Digital Agency
Logo: Joana Ray

Mais lidos