For Erica, Forever Ago

Erica Buettner fala primeira vez sobre o seu cancro e mostra-se esperançosa num futuro regresso à música.

As memórias e o presente da Lisboa musical

A Lisboa dos anos 80 está em livro. E lá dentro há música e noite.

2017: o “Anno Bloomini” de JP Simões

A expressão “Anno Bloomini” é do próprio, quando lhe perguntamos se nos próximos concertos vai…

Que se foda a rainha: God save the Sex Pistols

Com apenas um álbum perfeito de pura insubmissão, os Sex Pistols fizeram o establishment tremer como uma vara verde.

O regresso do último Ladies’ Man

Já não há muitos como Josh Tillman…

Um Corpo Estranho: inspirações e músicas que lavam a alma

Um Corpo Estranho: inspirações e músicas que lavam a alma

Conversas Valencianas

O Altamont entrevistou Alceu Valença, músico, poeta e cineasta que nos próximos dias se apresenta em Lisboa e Porto para nos mostrar o show Vivo! Revivo!

Muros

A década de 70 estava a chegar ao fim e a obra dos Pink Floyd entra em velocidade de cruzeiro. Mas haveria turbulência, drama e separações pelo caminho.

Marvel Lima: Os super-heróis do rock alentejano

Não é comum ouvir, nas rádios nacionais, rock alentejano. Mas os Marvel Lima estão cá…

Uma geração inteira na lente de Vera Marmelo

Foi há 10 anos que publicou a primeira fotografia no seu blog. Desde então, centenas…

Pink Floyd: Loucos anos 70

No início dos anos 70 a cena psicadélica começa a ficar para trás no caminho dos Pink Floyd e a sua sonoridade torna-se algo estranho e difícil de classificar.

Luísa Sobral chegou à idade adulta

Aos 29 anos, Luísa Sobral deixa cair o apelido e lança Luísa. Não é difícil de adivinhar que este é o disco mais pessoal da compositora, e não é de estranhar que seja o seu melhor – e o “orgulho” com que fala do álbum é bom indicador disso, mesmo que lá em casa não costume ouvir muito os seus próprios discos.

O trilho de Joana Barra Vaz

Em vésperas de tocar no Vodafone Mexefest, Joana Barra Vaz contou ao Altamont como seu deu este mergulho de cabeça no mundo das canções.

Quinze minutos à Samuel Úria

Samuel Úria, o fazedor de excelente Internet e um escritor de canções como poucos.

Os portões do amanhecer

Pink Floyd: Um início

E o heavy metal chegou a todos

Finjamos que o mundo acabou em 1991, e que os Metallica continuam a ser a melhor banda de heavy metal do mundo…

Oh so long, Leonard (1934-2016)

Soube hoje que nos tinhas deixado querido amigo e a minha torre da canção ficou…

O punk das Caldas pelos Cave Story

Das Caldas da Rainha com amor, os Cave Story preparam-se para lançar esta sexta-feira o primeiro longa duração. West, com reflexões sobre o mundo ocidental e a vida no oeste, oficializa os Cave Story como grande banda do novo punk-rock nacional.