raul cisto
49 Articles0 Comentários

Raul Cisto, n. 1980, gosta pouco de rock n roll.

Keith Fullerton Whitman

Meter isto no ipod e ouvir bem alto com uns bons headphones. Senão nem vale a pena.

Jandek

Bem sei que Phil Niblock é um osso duro de roer e que muito de vos estao mais preparados para fazer uma endoscopia do que para ouvir música electronica abstracta. Por isso deixo-vos aqui uma outra sugestão provavelmente mais apropriada…

Phil Niblock em Lisboa

Para quem ficou curioso com o meu post acerca de Phil Niblock, têm uma oportunidade única de ver um dos mais influentes compositores contemporâneos em… Lisboa. Perdê-lo seria como terem perdido Stockhausen. Quarta, 20 de Janeiro às 22.00h na ZDBPHILL…

Arthur Russell e Phil Niblock

Phil Niblock é relativamente desconhecido quando comparado com Steve Reich ou Philip Glass, mas a sua contribuição para música minimalista foi tremenda. Intrinsecamente um cineasta, Niblock documentou nos anos 70 pessoas de países em vias de desenvolvimento a trabalhar –…

"uns sons esquisitos"

Comecei a participar na introdução de snippets no Altamont que julgo terem sido bem recebidos. O objectivo até agora tem sido mostrar uma espécie de alternativa musical ao pop/rock que é geralmente explorado neste blog, apesar da primeira música deste…

Cláudia Zafre

Está muito em voga em Lisboa a tentativa de fazer Folk Music com sabor a sardinha assada e galo de Barcelos. Tentativa quanto a mim absurda, em termos conceituais, e definitivamente falhada. A razão pela qual não existe, nunca existiu…

All I Want For X-mas Is You

De todas as divas da musica aquela que mais animosidade me gera é a Mariah Carey. Voz agradável e uma tranca impressionante. Abandonou o aspecto de cachorrinho grunge do inicio dos anos oitenta, quando tinha juventude, e começou lá para…

Declaração contra a esponjosa cultura pop

A pluridade de opiniões pode ser, por vezes, uma coisa boa. E os blogs exploram precisamente isso: as vozes anónimas subitamente fazem-se ouvir. As vozes daqueles que não são jornalistas nem especialistas da arte de opinar emergiram e isso de…

I want you so bad it’s driving me mad

Há um tempo já que não escrevo neste placard, por me achar um erro de casting: as minhas opiniões não são nunca partilhadas por ninguém e as sugestões musicais ignoradas, tal como o vento ignora farinha de padeiro. Por outro…

eu gosto de música

Finalmente alguém escreve o que eu sinto acerca da maioria dos festivais de música.

a propósito dos AC DC em Alvalade

Lembro-me da primeira vez que fui a um concerto de Rock com triste nitidez. Havia a preocupação do blusão de ganga e da aparência geral de libertinagem (fui com o meu pai e algumas pessoas do trabalho dele, funcionárias de…

Butthole Surfers – Locust Abortion Technician (1987)

“I would kill only after violating the little children’s sphincters” Os Aerosmith, grupo de vanguarda do Rock Progressivo dos anos 60, não seriam para aqui chamados se não fosse o facto de em 1970, um jovem estudante de Biomimética ter…

The Eternal

Graças ao meu grande amigo Vasco Cabral Sequeira, ser humano desprezível por quem tenho enorme estima, tive acesso ao último trabalho dos Sonic Youth, que estará à venda nas lojas dentro de umas semanas. (Comecei a escrever este texto imbuído…

Stars of The Lid

Às vezes há o desejo de reduzir o que está mais. De condensar o universo aos sons primordiais. Aos sons ouvidos in utero. Fechar os olhos e tentar ver o que se encontra entre eles e as pálpebras. Às vezes…

B Fachada já foi à Zé Dos Bois, diz ele.

De razia por Lisboa aproveitei para ir beber um copo ao Maxime e desfrutar da companhia aqui do Mustarda. B Fachada era um pretexto como outro qualquer, mas lá me tentei informar acerca do fulano indo-lhe ao MySpace em jeito…

A propósito de reedições

Sempre me foi um bocado difícil aceitar os Pearl Jam, confesso. Não terei sido o único a estabelecer uma dicotomia rivaleresca Pearl Jam-Nirvana, na altura, e forcei-me a decidir entre uns e outros, como quem se encontra indeciso entre seven-up…

O que significa não relacionado?

E porque não quero que fiquem com a ideia de que sou constituído exclusivamente por azedume, aqui vai uma sugestão de uma banda rock indie pop punk torta que muito aprecio, embora a ouça apenas de três em três meses.