Joana Canela
47 Articles0 Comentários

Saí para o mundo em 91. Licenciei-me em Jornalismo e andei por aí a fazer coisas até um dia ter percebido que o que queria mesmo fazer da vida era escrever sobre música. Porque a vida não teria metade da intensidade se não tivéssemos uma banda sonora constante. É tão bom ser compreendida assim e poder compreendê-la também. De bloco de notas na mão e mochila às costas a pensar que a vida é só rock'n'roll.

Moderat – III (2016)

Gosto da ideia conceptual de viver com uma banda sonora. Afinal de contas, a música é uma companhia imaterial que se manifesta fisicamente. Existe todo um jogo sensorial entre notas e receptores do no…

Altamont Entrevista: Men Eater

Em 2012, os Men Eater despediram-se dos palcos e avançaram para outros caminhos. Dois anos depois, aceitaram inesperadamente um convite da Rock Monster para actuar no Musicbox, e decidiram reunir a fo…