Carlos Lopes
420 Articles9 Comentários

O autor destas linhas tem já idade para ter (algum) juízo, e isso deve notar-se, assim o espero. Os seus gostos variam, como será fácil perceber. Para além da paixão pela música, o escriba deste texto é professor de Português e Literatura Portuguesa, e é assim que ganha a vida. Com a música ganha o céu, o que já não é pouco. Tem um blog há já seis anos (http://i-blog-your-pardon.blogspot.pt/) onde escreve alguma coisa para pouca gente ler.

“No More Heroes” – The Stranglers

Uma das mais catchy punk songs de sempre. Um autêntico bálsamo de enérgica melodia.

Playlist da semana: Música para dizer bom dia

Música que apetece. Música que nos dá descanso, prazer, alegria. Música que nos coloca um sorriso na pele. Música que arrepia. Música que não é só música. Música feita por boa gente para nos dizer “bom dia!”

“And It Stoned Me” – Van Morrison

Abençoado líquido que proporcionou este mágico tema!

Simon & Garfunkel – Bookends (1968)

Bookends faz 50 anos e qualquer um de nós está convidado para a festa. Simon and Garfunkel estão sempre à nossa espera e sempre ao nosso dispor, passe o tempo que passar.

The Stranglers – La Folie (1981)

La Folie é o sexto álbum de estúdio dos The Stranglers e um dos melhores discos da sua extensa discografia.

of Montreal – White Is Relic / Irrealis Mood (2018)

White Is Relic / Irrealis Mood não é o disco que gostaríamos que fosse. Há que ter paciência com os génios, e Kevin Barnes merece essa nossa consideração para com ele.

Sr. Chinarro – Asunción (2018)

O novo disco de Sr. Chinarro assume um compromisso. É o próprio que canta “Quiero Hacerlo Mejor”, e não haverá melhor prova de vitalidade do que esta: um dos grandes a querer sempre ser maior!

David Byrne – American Utopia (2018)

David Byrne traz-nos American Utopia e com ela o mundo fica mais feliz e prazeroso.

Monday – One (2018)

Monday é Cat Falcão, uma das duas vozes das Golden Slumbers. Em One há continuidades e desvios em relação a esse projeto inicial, o que é coisa para se saudar em dose dupla.

Caetano e os filhos Moreno, Zeca e Tom trazem Ofertório a Portugal

Totalmente acústico, “Ofertório” promete ser, desde já, um dos espetáculos mais marcantes do próximo verão.

Dr. John – Gris-Gris (1968)

Gris-Gris não está nem velho, nem cansado. Move-se ainda com a elegância de quem, mesmo totalmente pedrado, mantém a postura dos seus dignos 50 anos de idade.

The Gift || Coliseu dos Recreios

Os The Gift foram ao Coliseu dos Recreios comemorar o seu mais recente Altar, mas também vinte e três anos de carreira.

Tim Bernardes – Recomeçar (2017)

Tim Bernardes fez de Recomeçar um disco onde a tristeza e a beleza andam de mãos dadas. E é tão prazeroso quanto sombrio. Uma pequena obra-prima.

U.S. Girls – In a Poem Unlimited (2018)

A diversidade de In a Poem Unlimited é, talvez, o seu melhor trunfo. O projecto U.S. Girls está de volta, e podemos dançar ao som de Meghan Remy!

Joe Jackson – Night And Day (1982)

Night and Day não cedeu à erosão do tempo e mostra-se, ainda hoje, a obra-prima que sempre foi.

Roxy Music – Roxy Music (1972)

Ouvir Roxy Music, o álbum de 1972, continua a valer muito a pena. É o que se espera de um clássico. Nem mais, nem menos.

Joan As Police Woman – Damned Devotion (2018)

Damned Devotion é o novíssimo álbum de Joan As Police Woman, e acrescenta pontos em relação à sua discografia mais recente. É, portanto, um regresso que se saúda, apesar de Joan Wasser não trazer sorrisos na bagagem.

Raul Seixas – Krig-ha, Bandolo! (1973)

Krig-ha, Bandolo! é um álbum histórico. Raul Seixas, o mítico rocker  que começou a gravar música nos finais dos anos sessenta, é o autor desse pequeno milagre sonoro que hoje resolvemos recordar.

Criado em 2005, o Altamont é, no seu âmago, um lugar de união para quem gosta de música. Evoluindo e crescendo, mas sem perder a inocência e ingenuidade que lhe dá o seu lado mais verdadeiro, o Altamont tentará cumprir com o propósito que sempre lhe pautou o caminho – ser um local de descoberta e partilha para quem ainda tem tempo para ouvir um disco de uma ponta à outra.

Website: Hypnotic Digital Agency
Logo: Joana Ray

Mais lidos